Os relatórios do desenvolvimento humano publicados após a declaração do milênio e a perpetuidade da luta entre processos civilizacionais e descivilizacionais

Maria José de Rezende

Resumen


A finalidade deste estudo é destacar que através dos Relatórios do Desenvolvimento Humano é possível detectar como se manifestam os embates políticos atuais acerca das possibilidades e dificuldades da constituição de avanços, denominados civilizacionais, rumo a algumas melhorias sociais que sejam capazes de apontar, no futuro próximo, para a diminuição dos sofrimentos sociais que acometem as populações mais pobres do planeta. Utilizou-se como procedimento de pesquisa o mapeamento, no interior dos documentos pesquisados, das principais posturas do Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento das Nações Unidas sobre como ampliar as ações e os envolvimentos de múltiplos agentes para reverter, no limiar do século XXI, a substantiva concentração de rendas, recursos e poder. Esta reversão é denominada aqui de processos civilizacionais em oposição aos caracterizados como descivilizacionais que expandem justamente o movimento inverso, ou seja, aqueles que tanto caminham no sentido oposto a isso quanto anulam qualquer possibilidade de mudar as condições vigentes.


Texto completo:

PDF

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2015 Revista Enfoques

Revista Enfoques – ISSN 0718-9656 versión en línea | ISSN 0718-0241 versión impresa
Facultad de Gobierno – Universidad Central de Chile - Correo electrónico: jolguino@ucentral.cl
Sitio web adaptación de Open Journal Systems